Turista baleada em favela. Será seguro visitar o Brasil?

9 Ago, 2017
225 Visitas
brasil

Autor:

A notícia de que uma família britânica foi alvo de vários tiros após ter entrado por engano numa favela enquanto visitava o Brasil abalou a indústria do turismo.

As autoridades brasileiras fizeram um grande esforço nos últimos anos para limpar a imagem do país antes do Mundial de 2014 e das Olimpíadas em 2016.

Mas as forças de segurança que mantiveram os visitantes seguros durante ambas as ocasiões já não se encontram nas ruas e o tiroteio sugere que algumas partes do país permanecem perigosas para os visitantes.

A mulher de nacionalidade britânica foi atingida com dois tiros no abdômen este domingo, depois ter entrado mais o seu parceiro e os três filhos na favela de Angra dos Reis.

Angra dos Reis fica na costa oposta à popular Ilha Grande, na Costa Esmeralda do Brasil.

Com centenas de quilómetros de costa para explorar, os viajantes mais aventureiros podem sentir-se tentados a alugar um carro e percorrer o Brasil, algo que não é de todo recomendado pelos operadores turísticos.

O ideal é manter os itinerários planeados e contratar guias experientes para visitar as principais atrações.

As tours organizadas às Favelas são uma maneira relativamente segura de visitar as poucas favelas “amigas do turista”. Supostamente, o dinheiro vai para os comerciantes e artesãos locais, e também para as escolas. Ainda assim, mesmo numa destas tours é importante ter cuidado ao tirar fotos.

Embora a segurança tenha sido melhorada em algumas destas zonas, todas as favelas são áreas imprevisíveis perigosas que continuam a ser consideradas de alto risco.

Visitar mesmo as favelas mais pacíficas sem um guia é extremamente perigoso, pelo que os viajantes devem evitar visitar qualquer favela de forma independente.