Muco de lesma inspira novo tipo de cola cirúrgica

1 Ago, 2017
388 Visitas
072717_LH_surgical-glue_main

Autor:

Um grupo de cientistas desenvolveu uma cola cirúrgica experimental inspirada no muco segregado por lesmas que poderá oferecer uma alternativa às suturas em feridas.

Segundo a Agência Reuters, apesar de já existirem algumas colas cirúrgicas, estas tendem a ser frágeis e pouco flexíveis. Além disso, muitas vezes não podem ser usadas em condições muito húmidas.

Para contornar estes problemas, um grupo de cientistas de Harvard e de outros centros de investigação decidiu recorrer às lesmas, que para além de produzirem muco para deslizar, também podem produzir um muco extremamente adesivo como mecanismo de defesa.

O truque das lesmas é gerar uma substância que não só cria uma forte ligação em superfícies húmidas, mas que também é altamente flexível.

A versão “feita por humanos” baseia-se nos mesmos princípios tal como aponta uma série de experiências relatadas pela revista Science na semana passada.

Os cientistas provaram que a cola adere de forma segura à pele de porco, cartilagem, tecido e órgãos. Além disso, é não-tóxico para as células humanas.

Num dos testes, a nova cola/adesivo foi usada para fechar uma ferida no coração ensanguentado de um porco, tendo impedido quaisquer hemorragias com sucesso.

Os cientistas estimam que o novo adesivo poderá ser fabricado em folhas (tipo pensos-rápidos), embora também tenham desenvolvido uma versão injetável para fechar feridas profundas.

A equipa já fez o pedido de patente, mas é necessário que uma empresa leve a tecnologia para a próxima fase de ensaios clínicos.

Fonte:
Science News