Forma do nariz humano foi definida por condições do clima

20 Mar, 2017
433 Visitas
iStock-172928530

Autor:
Agência Lusa

A forma dos narizes humanos foi definida por um longo processo de adaptação às condições climáticas, concluiu um estudo de um grupo internacional de cientistas.

“Os humanos herdaram a forma do nariz dos seus pais, mas as características do nariz de alguém e dos seus pais foram definidas por um longo processo de adaptação ao clima local”, salienta o trabalho publicado na revista PLOS Genetics.

Os investigadores consideraram várias medições de narizes, analisaram aspetos como a largura das narinas, a distância entre elas ou a altura e cumprimento do nariz, num trabalho que utilizou imagens faciais a três dimensões.

Os cientistas descobriram que a largura das narinas e as medidas da base do nariz diferem mais entre populações do que aquilo que poderia ser explicado pela evolução genética.

Para mostrar que o clima local contribuiu para aquela diferença, os investigadores analisaram a distribuição local daqueles traços e relacionaram-na com as temperaturas e grau de humidade da região em causa.

Os resultados da análise demonstram que “narizes mais largos são mais comuns em climas quentes e húmidos, enquanto os mais estreitos estão mais nos climas frios e secos”.

O estudo também encontrou diferenças entre homens e mulheres relacionadas com as características dos narizes.

A seleção ecológica e a seleção sexual podem reforçar-se uma à outra, segundo os autores do estudo.