China: Autocarro inovador que “sobrevoava” o trânsito poderá ter sido uma fraude

9 Jul, 2017
512 Visitas
13909015_1342015949159179_6822123175964675488_o.0

Autor:

Lembra-se do revolucionário autocarro chinês “elevado” que chegou a ser testado num percurso de mais de 300 metros ao longo de uma autoestrada?

Infelizmente, o veículo de teste está atualmente a acumular pó devido a “problemas financeiros” e outras questões suspeitas que surgiram alguns meses após a sua inauguração.

Mas agora é oficial. Segundo o The Verge, as autoridades chinesas acreditam que tudo não passou de uma farsa, tendo iniciado as investigações.

A polícia de Pequim anunciou recentemente a abertura de uma investigação por supostas angariações de fundos ilegais para as pessoas que estavam por trás do projeto. Já terão sido identificadas mais de 30 pessoas ligadas à plataforma de angariação de capital “Huaying Kailai”, que recolheu fundos de investidores individuais para o autocarro.

A polícia está a tentar recuperar os fundos, e de acordo com os jornais locais, 72 investidores apresentaram uma ação judicial contra a empresa, que conseguiu mais de 9,1 mil milhões de yuans (1,3 mil milhões de dólares) em outubro de 2016, dois meses após a estreia do autocarro.

As suspeitas começaram a surgir no final do ano passado. A empresa de design “Autek” ainda tinha a receber vários milhões pelo seu trabalho no projeto, e a pista de testes permanecia inativa.

Na semana passada, o governo da cidade ordenou que os trilhos fossem demolidos e o autocarro de testes levado para uma garagem.