Canadá introduz passaportes de “género neutro” para promover igualdade

1 Set, 2017
767 Visitas
canada-1768203_1280

Autor:

O passaporte sempre foi um documento que trata fatos específicos – nome, data de nascimento, e todas as informações que são necessárias no momento em que pretender atravessar uma fronteira internacional.

Mas a partir de hoje, os cidadãos do Canadá terão a possibilidade de se declararem “neutros” em termos de género nos seus passaportes.

Os cidadãos que desejem identificar-se como “gender-neutral” ou “trans-gender” serão autorizados a escrever um “X” nos seus passaportes, mais concretamente na seção onde, habitualmente, o titular do passaporte apontaria “M” para masculino ou “F” para feminino.

Os novos passaportes já estarão a ser atualizados, e os candidatos terão em breve uma opção formal “X” para preencher.

O movimento surge vinculado a uma política do governo do primeiro-ministro Justin Trudeau que tem como objetivo demonstrar a grande diversidade do país.

Além disso, todos os documentos emitidos pelo governo do Canadá deverão surgir com esta opção no futuro.

“Ao introduzir a designação de género “X” nos documentos emitidos pelo governo, estamos a dar um passo importante para promover a igualdade” diz Ahmed Hussen, um dos ministros do país, em comunicado.