Bruxelas pode vir a multar a Google em mais de mil milhões de euros

17 Jun, 2017
361 Visitas

A Comissão Europeia prepara-se para multar a Google em mais de mil milhões de euros, por alegada prática anticoncorrencial. A notícia foi avançada na sexta-feira, 16, pelo Financial Times que diz que Bruxelas deverá aplicar a coima nas próximas semanas.

Alegadamente, a Google abusou da sua posição dominante no mercado e promoveu, nos resultados do seu motor de busca, as suas ofertas comerciais face à concorrência. Por isso, é esperado que nos próximos dias a autoridade máxima da União Europeia emita uma multa à tecnológica, fundada por Larry Page e Sergey Brin em 1998.

Segundo o Financial Times, a concretizar-se a penalização europeia à empresa da Alphabet, o valor da multa será superior à que foi aplicada à Intel em 2009 (mil milhões de euros, o maior valor de sempre), por abuso de posição dominante.

O económico norte-americano fez saber que tanto a Google como a Bruxelas recusaram qualquer comentário à notícia. Ainda assim, em novembro de 2016,Kent Walker, do comité geral da Google, escreveu no blogue da empresa que há “falhas nas evidências” no caso investigado pela Comissão Europeia.

Pelo menos desde 2010 que a Google é investigada pelas autoridades europeias e a alegada prática anticoncorrencial não é a única frente de batalha entre a Google e Bruxelas.

Segundo o Jornal de Negócios, outra das acusações abertas pela direção-geral de concorrência (DGCom), que está sob a alçada da comissãria europeia para a concorrência, Margrethe Vestager, é a preferência que o sistema operativo Android dá a aplicações da Google em detrimento de aplicações rivais.