Spotlight – Álvaro Siza Vieira

2 Set, 2016
2345 Visitas
Comentários fechados em Spotlight – Álvaro Siza Vieira

Siza-Vieira

Bio:

Álvaro Joaquim de Melo Siza Vieira GOSE • GCIH, internacionalmente conhecido por Siza Vieira (Matosinhos, Matosinhos, 25 de junho de 1933), é o mais premiado arquiteto contemporâneo português.
Nascido em Matosinhos, uma localidade costeira no Norte de Portugal, junto à cidade do Porto, Álvaro Siza Vieira é filho de Júlio Siza Vieira e de sua mulher Cacilda Ermelinda Camacho Carneiro. Do seu casamento, ele teve dois filhos, dos quais um também é arquiteto: Álvaro Leite Siza Vieira.

Siza Vieira estudou, entre 1949 e 1955, na Escola Superior de Belas-Artes do Porto, onde lecionou, de 1966 a 1969, voltando em 1976 (sempre como professor assistente).

Fortemente marcado pelas obras dos arquitetos Adolf Loos, Frank Lloyd Wright e Alvar Aalto, cedo ele conseguiu desenvolver a sua própria linguagem, embebida não só nas referências modernistas internacionais como também na forte tradição construtiva portuguesa, dos quais resultaram obras de grande requinte e detalhe no modernismo português, dos quais se destaca a Casa de Chá da Boa Nova, em Leça da Palmeira. A isto, não é alheio, o relacionamento muito próximo com o arquiteto Fernando Távora, seu professor, e uma das principais referências da Escola do Porto, com quem colaborou de 1955 a 1958, desenvolvendo posteriormente forte amizade e cumplicidade criativa.

Siza Vieira criou verdadeiros marcos na história da arquitetura portuguesa e internacional, influenciando várias gerações de arquitetos.[carece de fontes] Vejam-se as Piscinas de Marés[2], o Museu de Serralves, a igreja de Marco de Canaveses, ou mais recentemente, o museu para a Fundação Iberê Camargo[3], em Porto Alegre, no Brasil, onde Álvaro Siza retorna a umas das suas mais fortes influências de linguagem arquitetónica, Le Corbusier. E este será, o principal talento de Siza, conseguir reinterpretar ou mesmo se redesenhar, procurando uma linguagem que, até então, tinha vindo a mostrar em alguns apontamentos de obras recentes complexidade formal aliada a uma aparente simplicidade do desenho.[carece de fontes]

As suas obras encontram-se por todo o mundo, da América à Ásia, passando por países como Portugal, Espanha, Países Baixos, Bélgica, Brasil, Coreia do Sul, Estados Unidos, entre outros. Nos Países Baixos, Siza Vieira dirigiu, de 1985 a 1989, o Plano de Recuperação da Zona 5 de Schilderswijk, em Haia; em 1995, concluiu o projeto para os blocos 6-7-8 de Ceramique Terrein, em Maastricht. É autor do plano de reconstrução da zona do Chiado, em Lisboa, destruído por um incêndio em 1988. Elaborou, em Espanha, o projeto para o Centro Meteorológico da Villa Olimpica em Barcelona; o do Centro Galego de Arte Contemporánea, o da Faculdade de Ciências da Informação, em Santiago de Compostela, e também na Galiza o dum pavilhão polidesportivo na Ilha de Arousa e o do Café Moderno em Pontevedra; a reitoria da Universidade de Alicante; o Edifício Zaida, em Granada; e o Complexo Desportivo Ribero Serralo, em Cornellá de Llobregat.

Siza foi ainda professor visitante na Escola Politécnica Federal de Lausana, na Universidade de Pensilvânia, na Universidade de Los Andes em Bogotá e na Universidade de Harvard.

Obras:

1952 – Cozinha da casa de sua avó, Matosinhos, Portugal
1954 a 1957 – Quatro moradias em Matosinhos, Portugal
1956 a 1959 – Centro Paroquial de Matosinhos, Portugal
1956 – Grupo de vivendas económicas e populares (projecto), Matosinhos, Portugal
1957 a 1959 – Casa Carneiro de Melo, Porto, Portugal
1958 a 1963 – Casa de Chá, Restaurante da Boa Nova, Leça da Palmeira, Portugal
1958 a 1965 – Piscina no parque Quinta da Conceição, Matosinhos, Portugal
1959 – Monumento aos Calafates, Porto, Portugal
1960 – Restaurante em Perafita, Matosinhos, Portugal
1960 – Túmulo da família Martins Camelo no cemitério de Sendim, Matosinhos, Portugal
1960 – Cantinas da Refinaria Angola, Matosinhos, Portugal
1960 – Remodelação da casa paterna, Matosinhos, Portugal
1960 – Pistas de Ténis na Senhora da Hora, Matosinhos, Portugal
1960 a 1963 – Cooperativa de Lordelo do Ouro, Porto, Portugal
1960 a 1969 – Casa Luís Rocha Ribeiro, Maia, Portugal
1961 – Casa do Dr. Júlio Gesta, Matosinhos, Portugal
1961 a 1966 – Piscinas de marés, Leça da Palmeira, Portugal
1962 a 1965 – Casa Ferreira da Costa, Matosinhos, Portugal
1963 – Casa Rui Feijó, Moledo do Minho, Portugal
1963 – Túmulo da família Siza, Matosinhos, Portugal
1964 a 1970 – Casa Alves Santos, Póvoa de Varzim, Portugal
1964 a 1971 – Casa Alves Costa, Moledo do Minho, Portugal
1965 – Casa António L. Ribeiro, Vila do Conde, Portugal
1965 – Café Marlã, Matosinhos, Portugal
1965 – Complexo Sacor, Matosinhos.
1965 – Traçado da estrada de Leça e da zona da Boa Nova, Leça da Palmeira, Portugal
1966 – Casa Adelino Sousa Felgueira, Marco de Canaveses, Portugal
1966 – Armazém, Matosinhos.
1966 – Restaurante das piscinas de Marés, Leça da Palmeira, Portugal
1966 a 1970 – Estação de Serviço Sacor, Matosinhos, Portugal
1967 – Hotel, Vale de Canas, Coimbra, Portugal
1967 a 1980 – Monumento ao poeta António Nobre, Leça da Palmeira, Portugal
1967 a 1970 – Casa Manuel Magalhães, Porto, Portugal
1968 – Traçado da Avenida D. Afonso Henriques, Porto, Portugal
1968 – Casa Carlos Vale Guimarães, Aveiro, Portugal
1968 a 1974 – Edifício de escritórios na Avenida D. Afonso Henriques, Porto, Portugal
1969 a 1974 – Filial do Banco Borges & Irmão, Vila do Conde, Portugal
1969 – Remodelação da fachada e do interior de café, Porto, Portugal
1970 – Remodelação interior do Supermercado Unicoope Domus, Porto, Portugal
1970 a 1972 – Parcelamento Álvaro Bonifácio, Ovar, Portugal
1971 a 1972 – Complexo para a Mobil Oil, Matosinhos, Portugal
1970 a 1972 – Complexo Vila Cova nas Caxinas, Vila do Conde, Portugal
1971 a 1973 – Casa Alcino Cardoso, Lugar da Gateira, Moledo do Minho, Portugal
1971 a 1974 – Filial do Banco Pinto & Sotto Mayor, Oliveira de Azeméis, Portugal
1972 – Supermercado Unicoope Domus, Porto, Portugal
1972 – Casa Marques Pinto, Porto, Portugal
1972 – Parcelamento Bárbara de Sousa, Ovar, Portugal
1972 a 1974 – Filial do Banco Pinto & Sotto Mayor, Lamego, Portugal
1972 – Clube de Lamego, Lamego, Portugal
1972 a 1973 – Filial do Banco Pinto & Sotto Mayor, Peso da Régua, Portugal
1973 – Capela de Rio Tinto, Gondomar, Portugal
1973 a 1974 – Casa em Azeitão, Setúbal, Portugal
1973 a 1974 – Galeria de arte, Porto, Portugal
1973 – Grupo de vivendas do Fundo de Fomento de Habitação, Bouça, Porto, Portugal
1973 a 1976 – Casa Beires, Póvoa de Varzim, Portugal
1974 a 1979 – Casas SAAL em São Vítor, Porto, Portugal
1975 – Escada exterior e remodelação da casa Cálem, Foz do Douro, Porto, Portugal
1975 – Escola Paula Frassineti, Porto, Portugal
1975 – Restaurante Pico do Areeiro, Madeira, Portugal
1975 a 1977 – Casas sociais SAAL, Bouça II, Porto, Portugal
1976 – Quiosque no mercado da Ribeira, Porto, Portugal
1976 – Reconstrução de duas casas no bairro do Barredo, Ribeira, Porto, Portugal
1976 – Reestruturação da Praça da Lada e reabilitação do bairro do Barredo, Ribeira, Porto, Portugal
1976 – Casa de Francelos, Vila Nova de Gaia, Portugal
1976 a 1978 – Casa António Carlos Siza, São João de Deus, Santo Tirso, Portugal
1977 a 1997 – Bairro da Malagueira, Évora, Portugal
1977 – Agência Banco Borges & Irmão, Vila do Conde, Portugal
1978 a 1986 – Agência do Banco Borges & Irmão, Vila do Conde, Portugal Foto
1979 a 1986 – Apartamento J. M. Teixeira, Póvoa de Varzim, Portugal
1979 a 1987 – Casa Maria Margarida Aguda, Arcozelo, Vila Nova de Gaia, Portugal
1979 – Vivendas em Fränkelufer, Berlim, Alemanha.
1979 – Piscina Görlitzer Bad, Berlim, Alemanha.
1979 a 1981 – Vivendas da cooperativa Habiflor/Florbela Espanca, Vila Viçosa, Portugal
1979 a 1981 – Vivendas para a cooperativa A Reconquista, Avis, Portugal
1980 – Agência da Caixa Geral de Depósitos, Matosinhos, Portugal
1980 – Concurso de vivendas em Schlesisches Tor, Berlim, Alemanha
1980 a 1984 – Vivendas Bonjour Tristesse, Schlesisches Tor, Berlim, Alemanha
1980 a 1991 – Casa J. M. Teixeira, Taipas, Guimarães, Portugal
1980 – Sede da Companhia Dom, Colónia, Alemanha
1980 – Edifício de apartamentos, Kreuzberg, Berlim, Alemanha
1980 a 1984 – Casa Avelino Duarte, Ovar, Portugal
1980 a 1990 – Centro recreativo Schlesisches Tor, Berlim, Alemanha
1981 – Casa Fernando Machado, Porto, Portugal
1981 – Hotel e restaurante no Monte do Picoto, Braga, Portugal
1982 a 1985 – Centro cultural, Sines, Portugal
1982 – Centro de transportes, Guimarães, Portugal
1982 – Casa Aníbal Guimarães da Costa, Trofa, Portugal
1982 a 1988 – Edifício de escritórios e comércio, Guimarães
1983 a 1993 – Casa Mário Baía, Gondomar
1983 – Boutique Nina, Porto
1983 a 1984 – Estudo urbanístico para a expansão de Macau. Macau, China.
1983 – Kulturforum, Berlim, Alemanha
1983 a 1997 – Reabilitação de igreja, Salemi, Itália
1983 – Monumento às vítimas da Gestapo. Berlim, Alemanha
1983 a 1989 – Hotel na Malagueira, Évora, Portugal
1983 – Ampliaciação do Instituto Francês, Porto
1983 a 1984 – Plano urbanístico, Schilderswijk-West, Haia, Países Baixos
1983 a 1988 – Vivenda social De Punt en De Komma, Schilderswijk-West, Haia, Países Baixos
1984 – Sistematização urbanística, Caserta, Itália
1984 – Casa Erhard Josef Pascher, Sintra, Portugal
1984 a 1994 – Casa David Vieira de Castro, Vila Nova de Famalicão, Portugal
1984 a 1994 – Casa Luís Figueiredo, Gondomar, Portugal
1984 a 1991 – Jardim de Infância João de Deus, Penafiel, Portugal
1984 a 1994 – Reabilitação da casa da Quinta da Póvoa para a Faculdade de Arquitectura, Porto, Portugal
1984 a 1988 – Vivendas e comércio em Schilderswijk, Haia, Países Baixos.
1985 a 1988 – Jardim Van der Vennepark, Schilderswijk-West, Haia, Países Baixos.
1985 – Reabilitação da área do Campo de Marte na Giudecca, Veneza, Itália.
1985 – Parcelamento da Quinta de Espertina
1986 a 1996 – Pavilhão Carlos Ramos da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto.
1986 – Parque urbano, Salemi, Itália
1986 – Estudo urbanístico geral para a Expo’92, Sevilha, Espanha
1986 – Instituto Hidrográfico no Convento dos Trina, Lisboa
1986 a 1987 – City Block, Monteruscielo, Nápoles, Itália
1986 – Ampliação do Casino Winkler, Salzburgo, Áustria
1986 a 1987 – Estudo urbanístico do bairro de Pendino, Nápoles, Itália
1986 a 1994 – Escola Superior de Educação de Setúbal.
1986 – Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto
1987 a 1996 – Casa César Rodrigues, Porto.
1987 a 1996 – Reforma da casa Miranda Santos (Ferreira da Costa), Matosinhos.
1988 a 1989 – Centro cultural da Defensa, Madrid, Espanha
1988 – Projecto para a área da Piazza Matteotti, Siena, Itália
1988 – Vivendas na Malagueira, Évora
1988 a 1989 – Reservatório de água da Universidade de Aveiro
1988 a 1995 – Biblioteca da Universidade de Aveiro
1988 a 1993 – Centro Galego de Arte Contemporánea, Santiago de Compostela, Espanha
1988 – Complexo desportivo, Vilanova de Arousa, Espanha
1988 a 1991 – Casa Alcino Cardoso, Moledo do Minho
1988 a 1989 – Galeria Carvalho Araújo, Lisboa
1988 – Casa Guardiola, Sevilha, Espanha
1988 – Plano de reconstrução do Chiado, Lisboa
1988 – Reconstrução do Portal de Riquer em Alcoi, Valência, Espanha
1989 – Vivendas em Concepción Arenal, Cádis, Espanha
1989 – Concurso para a Biblioteca Nacional de França, Paris, França
1989 a 1993 – Casas sociais em Doedijnstraat, Schilderswijk, Haia, Países Baixos
1989 – Igreja e centro paroquial de São João Bosco na Malagueira, Évora
1989 a 1995 – Edifício de escritórios Ferreira de Castro, Oliveira de Azeméis
1989 – Estudo urbanístico e plano de viabilização para a Praça Espanha, Lisboa
1989 a 1995 – Casa Ana Costa em Santo Ovídio, Lousada.
1990 – Casa Pereira Ganhão, Tróia
1990 a 1996 – Igreja de Santa Maria e centro paroquial de Marco de Canaveses
1990 a 2000 – Edifícios de vivendas e escritórios (“Torre de Siza”), Maastricht-Céramique, Holanda
1990 a 1993 – Restaurante de Santo Domingo de Bonaval, Santiago de Compostela, Espanha
1990 a 1992 – Centro meteorológico da Vila Olímpica e sede da delegação do MOPU, Barcelona, Espanha
1990 – Boulevard Brune – Cité de Jeunesse, Paris, França
1990 a 1992 – Projecto urbanístico para a Avenida José Malhoa, Lisboa
1990 a 1994 – Jardim de Santo Domingo de Bonaval, Santiago de Compostela, Espanha
1990 – Reitoria e biblioteca de Direito da Universidade de Valência, Valência, Espanha
1990 a 1998 – Edifício Boavista, Porto
1991 – Edifício de escritórios, Porto.
1991 a 1999 – Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves, Porto
1991 a 1994 – Reabilitação do edifício Castro & Melo no Chiado, Lisboa
1991 – Reabilitação do edifício Câmara Chaves no Chiado, Lisboa
1991 – Reabilitação do edifício dos Grandes Armazéns do Chiado, Lisboa
1991 a 1996 – Reabilitação do edifício Grandela no Chiado, Lisboa
1991 a 1993 – Complexo Eurocenter Boavista, Porto.
1991 a 1994 – Fábrica Vitra International, Weil am Rhein, Alemanha
1991 a 1994 – Remodelação do restaurante Pai Ramiro, Porto
1991 – Remodelação do Cinema Condes, Lisboa
1991 a 1993 – Sede da companhia de seguros Lusitânia, Lisboa
1991 – Complexo Terraços de Bragança, Lisboa
1991 a 1995 – Sede da Fundação Cargaleiro, Lisboa
1992 – Grupo de vivendas, Málaga, Espanha
1992 a 1995 – Sede da Associação Nacional de Jovens Empresários, Oeiras
1992 – Restaurante e sala de chá na Malagueira, Évora
1992 – Centro de Línguas na Malagueira, Évora
1992 a 1998 – Estação do metro Baixa/Chiado, Lisboa
1992 – Exposição Visiones para Madrid, Madrid, Espanha
1992 a 1993 – Museu de Arte Contemporânea, Helsínquia, Finlândia
1993 – Reabilitação do edifício Ludovice para a Associação 25 de Abril, Lisboa
1993 – Plano Urbanístico para São João, Costa da Caparica
1993 – Grupo de vivendas, Setúbal
1993 – Edifício de habitação e escritórios, Matosinhos
1993 – Restaurante da Piscina de Marés, Leça da Palmeira
1993 a 1997 – Restauração do edifício Costa Braga/Casa da Juventude e pavilhões, Matosinhos
1993 a 1997 – Sala de Exposições Revigrés, Águeda, Portugal
1993 a 1997 – Edifício de escritórios Álvaro Siza e outros, Porto, Portugal
1993 – Duas casas Teixeira da Cunha, Felgueiras, Portugal
1993 – Estudo urbanístico para o centro da cidade de Montreuil, França
1993 – Estúdios para artistas, Montreuil, França
1993 – Laboratórios, sala de exposições e vivendas Dimensione Fuoco, San Donà di Piave, Itália
1993 – Paul Getty Museum, Malibu, Santa Monica, Estados Unidos da América
1993 a 1995 – Edifício de escritórios e restaurante em Puerta Real 1, Granada, Espanha
1993 – Faculdade de Ciências da Informação, Santiago de Compostela, Espanha
1994 – Grupo de vivendas económicas e populares para a Cooperativa Casa Jovem, Guarda, Portugal
1994 – Centro para a educação ambiental da Fundação de Serralves , Porto, Portugal
1994 – Museo Granell, Santiago de Compostela, Espanha
1994 – Parque de estacionamento de La Salle, Santiago de Compostela, Espanha
1994 – Reabilitação do bar da Fundação de Serralves, Porto, Portugal
1994 – Fonte para Vitra International, Weil am Rhein, Alemanha
1994 – Estudo urbanístico para Rossio de São Brás, Évora, Portugal
1994 – Complexo desportivo para a Universiada’97, Palermo, Itália
1994 – Reabilitação do antigo mercado 2 de Maio, Viseu, Portugal
1994 – Reabilitação do elevador de Santa Justa (projecto), Lisboa, Portugal
1994 – Reabilitação de um edifício para a Associação 25 de Abril, Lisboa, Portugal
1994 – Grupo de vivendas na Malagueira, Évora, Portugal
1994 a 1998 – Pavilhão de Portugal na Expo’98, Lisboa, Portugal
1995 – Sede do Centro Ismaelita e da Fundação Aga Khan, Lisboa, Portugal
1995 – Restauração e ampliação do Stedelijk Museum, Amesterdão, Holanda
1995 a 1998 – Reitoria da Universidade de Alicante, Espanha
1995 – Edifício para a Administração dos Portos do Douro e Leixões, Matosinhos, Portugal
1995 – Casa Van Middelem-Dupont, Oudenburg, Bélgica
1995 – Casa Pinto Sousa, Oeiras, Portugal
1995 – Estudo urbanístico para a Lagoinha, Belo Horizonte, Brasil
1995 – Estudo urbanístico e restaurante na área do Paço dos Duques de Bragança e do Campo de São Mamede. Guimarães, Portugal
1995 – Câmara Municipal, Caorle, Itália
1995 – Grupo de vivendas e reabilitação de duas casas na Quinta da Palmeira, Évora, Portugal
1995 – Casa Agostinho Vieira, Baião, Portugal
1995 – Escolas Pré-primária e Primária de Alcoi, Alicante, Espanha
1995 a 1996 – Instituto de Biofísica na ilha de Hombroich, Düsseldorf, Alemanha
1995 a 1996 – Túmulo da família Fehlbaum, Weil am Rhein, Alemanha
1995 – Ampliação do hotel Ritz, Lisboa, Portugal
1996 – Cenografia para um ballet na Fundação Gulbenkian, Lisboa
1996 – Kolonihaven, composição ao ar livre, Copenhaga, Dinamarca
1996 – Metro do Porto, Porto
1996 – Cais de embarque, European Architects in Thessaloniki, Salónica, Grécia
1996 – Revisão do plano urbanístico de Matosinhos Sul, Matosinhos, Portugal
1996 – Clínica da Malagueira, Évora
1996 – Complexo urbanístico na Rotunda do Raimundo, Évora, Portugal
1997 – Cervejaria na Chiado, Lisboa, Portugal
1997 – Palácio dos desportos, Vigo, Espanha
1997 – Parque e centro cultural de Caxinas, Vila do Conde, Portugal
1997 – Biblioteca universitária, Évora, Portugal
1997 – Centro Cultural Manzana dei Revellín, Ceuta, Espanha
1997 – Hotel, Almeria, Espanha
1997 – Ordenação urbanística da Praça Dr. Machado de Matos, Felgueiras, Portugal
1997 – Reitoria e auditório de campus universitário, Valência, Espanha.
1997 – Fábrica e Sala de Exposições Renova, Torres Novas, Portugal
1997 – Câmara Municipal do distrito sul, Rosário, Argentina
1997 – Centro social na Malagueira, Évora, Portugal
1998 – Edifício Leonel no Chiado, Lisboa, Portugal
1998 – Reabilitação da Vila Colonnese e sete casas, Vicenza, Itália
1998 – Igreja de Santa Maria do Rosario alla Magliana, Roma, Itália
1998 – Complexo de vivendas e zona comercial, Porto.
1998 – Atelier de arquitectura, Porto, Portugal
1998 – Complexo de escritórios, zona comercial e vivendas Zaida, Granada, Espanha
1998 – Sede do Banco Nacional de Cabo Verde, Praia, Cabo Verde
1998 – Centro cultural e auditório para a Fundação Iberê Camargo, Porto Alegre, Brasil
1999 – Reabilitação da antiga Casa Solar Magalhães para a Fundação Rei Afonso Henriques, Amarante, Portugal
1999 a 2000 – Pavilhão Português na Expo 2000 em Hanôver, Alemanha (transferido em 2003 para o Parque Verde em Coimbra)
2002: Southern Municipal District Center, Rosario, Argentina[1] [2]
2003 a 2005 – Centro de Estudos de Camilo, São Miguel de Seide, Vila Nova de Famalicão, Portugal
2004 a 2008 – Biblioteca Municipal de Viana do Castelo, Viana do Castelo, Portugal
2005 – Serpentine Gallery Pavilion, nos Kensington Gardens, Londres, Reino Unido (com Eduardo Souto de Moura)
2005 – Estação de Metropolitano de São Bento, Porto, Portugal
2006 – Casa Armanda Passos, Porto, Portugal
2007 – Casa Alemão, Sintra, Portugal
2007 – Biblioteca Municipal, Viana do Castelo, Portugal
2008 – Nova sede da Fundação Iberê Camargo, Porto Alegre, Brasil
2008 – Edifício Parque Navegantes, Porto, Portugal (com António Novais Madureira)
2008 – Casa do Pego, Sintra, Portugal
2008 – Casa em Maiorca, Maiorca, Espanha
2008 – Complexo Desportivo, Gondomar, Portugal
2009 – Edifício Caves de Envelhecimentos Siza Vieira, Celeirós, Portugal
2009 – Museu Insel Hombroich, Düsseldorf, Alemanha
2009 – Museu Moinho de Papel, Leiria, Portugal
2010 – Paraninfo da Universidade do País Basco, Bilbau. Espanha
2011 a 2012 – “Alvaro Siza. Viagem sem Programa” Coleção de 53 desenhos de viagem, Arte y intimidade. Museu Fondazione Querini Stampalia, Veneza, Itália
2011 – Museu Mimesis, Paju Book City, Coreia do Sul
2012 – Piscina na Quinta de Santo Ovídio, Lousada, Portugal
2012 – Instalação no Giardino delle Vergini, Bienal_de_Arquitetura_de_Veneza, Veneza, Itália
2012 – Amore Pacific Research & Design Center, Yongin-Si, Gyeonggi-Do, Coreia do Sul
2012 – Edifício de Escritórios Novartis Campus, Bilbau. Espanha
2012 – Fábrica Vitra, Weil am Rhein, Alemanha.
2012 – Requalificação das Termas de Pedras Salgadas, Chaves, Portugal
2012 – Requalificação do Vidago Palace Hotel, Chaves, Portugal
2013 – Atelier Museu Julio Pomar, Lisboa, Portugal
2014 – Shihlien Chemical Industrial Park Office, Jiangsu, China
2015 a 2017 – Igreja e centro paroquial de Saint-Jacques-de-la-Lande, França
2016 – Capela da Afurada, Vila Nova de Gaia

Prémios:

1981 – Prémio da Associação Internacional dos Críticos de Arte/Secretaria de Estado da Cultura AICA/SEC – Arquitectura
1988 – Medalha de Ouro do Colégio de Arquitetos de Madrid
1988 – Prémio de Arquitetura Contemporânea Mies van der Rohe
1992 – Prémio Pritzker, da Fundação Hyatt, pelo projeto de renovação na zona do Chiado, em Lisboa
1993 – Prémio Nacional de Arquitetura
1996 – Prémio Secil
1998 – Medalha Alvar Aalto
1998 – Prémio Príncipe de Gales da Universidade Harvard
2000 – Prémio Secil
2001 – Prémio Wolf de Artes (2001)
2002 – Golden Lion for the Best Project Bienal de Arquitetura de Veneza
2005 – Urbanism Special Grand Prize of France
2006 – Prémio Secil
2008 – Royal Gold Medal for Architecture, do Instituto Real de Arquitetos Britânicos
2009 – Medalha de Ouro 2009, do Royal Institute of British Architects
2010 – Prémio Luso-Espanhol de Arte e Cultura
2012 – Golden Lion for lifetime achievement, Bienal de Arquitetura de Veneza
2015 – “Prémio Vida e Obra” da Sociedade Portuguesa de Autores

Fonte: wikipédia