Apple, Google, Facebook e Switch lideram transição para energias renováveis da Internet

11 Jan, 2017
817 Visitas
capturar5

Autor:

De acordo com o mais recente relatório da Greenpeace, a Apple, a Google e o Facebook, juntamente com a empresa de datacenters Switch, estão a liderar a transição para as energias renováveis do setor das Tecnologias da Informação (TI), pelo menos no que diz respeito às suas fontes de energia.

capturar6

Greenpeace

Por outro lado, mesmo que existam neste momento cerca de 20 empresas de Internet a prometer uma transição para 100% de energias renováveis, o rápido crescimento do setor está a acontecer mesmo em lugares com “pouca ou nenhuma opção de energia renovável”, como algumas partes da Ásia, ou a Virgínia, nos EUA.

capturar4

Desta maneira, ainda que a transição para uma Internet mais limpa esteja a avançar em alguns locais, continuam a existir vários obstáculos.

Com o setor das TI a representar quase 7% do consumo global de eletricidade, e considerando a grande velocidade a que estão a ser adotadas plataformas, serviços e dispositivos na Internet em todo o mundo, alterar as fontes de energia destas empresas ​​continuará a ser um desafio nos próximos anos.

capturar3

Greenpeace

De acordo com este último relatório da Greenpeace, o tráfego global da Internet deverá triplicar até 2020, o que torna a transição para as energias renováveis do setor um componente-chave para um futuro mais sustentável.

A versão para 2017 do “Greenpeace Clicking Clean: Who Is Winning the Race to Build a Green Internet?” oferece uma visão geral do problema, detalhando as situações dos gigantes da Internet mais conhecidos do mundo.

Conheça os ratings de algumas das empresas mais conhecidas ou faça o download gratuito do relatório completo aqui.