2016 foi um dos anos mais seguros da história da aviação

2 Jan, 2017
1927 Visitas
Airplane

Autor:

Apesar de uma série de grandes desastres, o ano de 2016 foi na verdade um dos mais seguros da história da aviação.

A memória do acidente que matou 71 pessoas, incluindo a maior parte de uma equipa de futebol brasileira, ainda permanece demasiado fresca nas nossas mentes, o que faz com que esta afirmação não pareça de facto de verdadeira… mas é.

Segundo a Aviation Safety Network, um site de dados de acidentes aéreos financiado pela Flight Safety Foundation (uma organização internacional e independente sem fins lucrativos que rastreia dados de acidentes), 19 acidentes com aviões civis representaram 325 mortes em todo o mundo em 2016. O único ano com menos mortes foi 2013, com 265.

Apesar dos acidentes permanecerem uma realidade, as viagens aéreas globais continuam a tornar-se cada vez mais seguras, em parte graças às atualizações tecnológicas dos aviões, aos melhores procedimentos de segurança e a uma maior colaboração entre as nações.

Ainda assim, não devemos olhar apenas para o número de acidentes ou mortes, sendo que número de passageiros que voam todos os anos também importa.

Em 1970, quando o Banco Mundial começou a acompanhar o movimento de pessoas por via aérea, foram contabilizados 310 milhões de passageiros em voos comerciais. Em 2016, esse número deve ultrapassar os 3,5 mil milhões.

Apesar deste crescimento assombroso, as probabilidades de morrer num um acidente aéreo diminuíram substancialmente.

Nunca houve tantas pessoas no céu, e ainda assim houve menos mortes nos anos 2000 do que em todas as décadas anteriores da história da aviação moderna. Nem sequer as 691 mortes de 2014 podem ser comparadas à década de 1970. O ano de 1972 foi o mais letal, com 2.373 mortes.

Anos mais seguros da história da aviação / Mortes por número total de passageiros:

1 – 2013 – um por 11.501.886
2 – 2016 – um por 10.769.230
3 – 2015 – um por 6,144,642
4 – 2012 – um por 6 079 831
5 – 2011 – um por 5,318,702
6 – 2008 – um por 3.755.102
7 – 2004 – um por 3.478.821
8 – 2014 – um por 3.253.791
9 – 2009 – um por 2.960.526
10 – 2007 – um por 2.803.299

Anos mais seguros da história da aviação / Total de mortes:

1 – 2013 – 29 acidentes fatais; 265 mortes
2 – 2016 – 19 acidentes fatais; 325 mortes
3 – 2012 – 24 acidentes fatais; 476 mortes
4 – 2011 – 36 acidentes fatais; 524 mortes
5 – 2004 – 36 acidentes fatais; 543 mortes
6 – 2015 – 16 acidentes fatais; 560 mortes
7 – 2008 – 33 acidentes fatais; 588 mortes
8 – 1984 – 39 acidentes fatais; 676 mortes
9 – 2003 – 33 acidentes fatais; 703 mortes
10 – 1999 – 48 acidentes fatais; 706 mortes

10 anos mais mortíferos na história da aviação:

1 – 1972: 72 acidentes/ 2373 vítimas
2 – 1973: 69 /2028
3 – 1985: 42/ 2010
4 – 1974: 68/ 1994
5 – 1996: 57/ 1844
6 – 1979: 77/ 1776
7 – 1962: 70/ 1683
8 – 1969: 71/ 1676
9 – 1977: 61/ 1652
10 – 1976: 66/ 1627