NK

14 coisas incríveis que não sabia sobre a Coreia do Norte

1352 Visitas
Autor:

A Coreia do Norte voltou recentemente aos noticiários após a relação com os Estados Unidos (e praticamente o resto do mundo) ter atingido um nível crítico.

A tensão entre a Coreia do Norte e a nova administração dos EUA tem vindo a aumentar desde que o presidente Trump tomou posse, e não se sabe qual será o próximo passo do reino ermita, ou como os outros países poderão responder.

Com a possibilidade de uma guerra nuclear a ganhar cada vez mais peso, continuam no ar milhares de questões sobre aquele que é considerado o país mais “excluído” do mundo.

Posto isto, decidimos fazer uma pesquisa e reunir alguns factos verdadeiramente incríveis sobre o reino ermita. Ora veja:

A capital, Pyongyang, tem quase três milhões de habitantes
A população de Pyongyang ronda os 2.863.000 de pessoas, de acordo com estimativas de 2015. O quíntuplo da população de Lisboa.

Fonte: CIA

A marijuana é legal
A Coreia do Norte tem algo em comum com a Holanda ou o Uruguai. O consumo e venda (em público ou em privado) de marijuana é perfeitamente legal.

Fonte: Huffington Post

Tem o seu próprio fuso-horário
Em 2015, a Coreia do Norte criou seu próprio fuso horário, denominado Pyongyang Time em honra da capital do país. Basicamente, são menos 30 minutos do que na Coreia do Sul e no Japão.
O país começou a usar o Pyongyang Time para comemorar o 70º aniversário da libertação da Coreia.

Fonte: Business Insider

Existem cerca de 34.000 estátuas de Kim Il-sung
Apesar dos problemas económicos do país, existem  cerca de 34.000 estátuas de Kim Il-sung na Coreia do Norte. Uma para cada 750 pessoas.

Tem a maior taxa de alfabetização do mundo (aparentemente)
A Coreia do Norte tem uma taxa de alfabetização de 100%, de acordo com o World Factbook da CIA. Mais do que os países mais desenvolvidos do planeta. Note, entretanto, que estes dados são fornecidos pelo próprio país, portanto, não serão muito fiáveis.

Fonte: CIA

A probabilidade de ocorrer um atentado terrorista é extremamente baixa
Tendo em conta que os turistas podem ser detidos pelo Estado e condenados a 15 anos de trabalhos forçados por roubar um cartaz de propaganda, a possibilidade de ser apanhado num ataque terrorista é muito baixa, de acordo com o Foreign Office Britânico.
Enquanto em França e Espanha a ameaça de terror é classificada como alta, na Coreia do Norte é apontada como baixa.

Fonte: Foreign Office Britânico

Marcou um golo contra o Brasil no Campeonato do Mundo de 2010
Ainda assim, perdeu por 2-1.

Fonte: FIFA

Até os turistas têm de fazer uma vénia à estátua do líder supremo
Os turistas devem seguir todas as regras, caso contrário, poderão existir graves repercussões.
Todos são “convidados” a fazer uma vénia perante as estátuas do atual “líder supremo” Kim Jong-un. Quem se recusar poderá ficar trancado no seu quarto de hotel durante a viagem inteira e será enviado para casa sabendo que não voltará ao país.

Não estão no ano 2017
O calendário norte-coreano foi adotado em 1997 e começa com o ano de nascimento de Kim Il-sung (1912 – ou Juche 1 para os norte-coreanos).
O que significa que, na Coreia do Norte, 2017 é, na verdade, Juche 106.

Menos de 3% das estradas estão pavimentadas
Existem 25.554 quilómetros de estradas na Coreia do Norte, mas apenas 724 quilómetros estão pavimentados. Ou seja, apenas 2,83% de todas as estradas.

Fonte: CIA

Tem o maior estádio do mundo
O estádio “Rungrado 1º de maio” em Pyongyang, casa da seleção nacional de futebol da Coreia do Norte, tem (alegadamente) espaço para cerca de 150.000 espetadores.

É o terceiro país mais corrupto do mundo
De acordo com o “2016 Corruption Perceptions Index”, que avalia 176 países e territórios, a Coreia do Norte é o terceiro país mais corrupto do mundo, atrás do Sudão do Sul e da Somália.

Fonte: CPI 2016

Há uma lei chamada “Punição de três gerações”
Entre os mais chocantes abusos de direitos humanos na Coreia do Norte encontramos a lei da “Punição de três gerações”. Se uma pessoa for considerada culpada de um crime grave é enviada para um campo de trabalho forçado/prisão, assim como toda a sua família, e as duas gerações subsequentes deverão nascer no campo e lá permanecer durante toda a vida.
Ou seja, quando uma pessoa comete um crime particularmente ofensivo, os seus filhos e netos são sujeitos à mesma punição.

O corpo de Kim Il-sung continua em exposição
A atração a mais popular no país é o Palácio Kumsusan do Sol, casa do corpo embalsamado de Kim Il-sung. Os turistas estrangeiros podem visitar o local em alguns dias da semana.